Pesquisar este blog

domingo, 2 de outubro de 2011

Review do mini Canister ISTA Max Care

Saudações! Mais um review no Aquatech, desta vez de um filtro de fabricação chinesa que foge ao padrão dos outros concorrentes de mesma nacionalidade. A ISTA é uma marca comercializada há pouco tempo no Brasil e tem como diferencial frente aos seus concorrentes o melhor acabamento estético e tipos de materiais utilizados em seus produtos que variam desde filtros, kits para injeção de CO2 a ferramentas para aquapaisagismo. Encontramos todos esses diferenciais neste mini canister que vem fazendo sucesso no aquarismo nacional pelo custo/benefício que apresenta.
Este filtro é dimensionado para uso em aquários de até 80 litros, mas dependendo do aquário essa margem pode subir um pouco, visto que há uma forte tendência a se popular cada vez menos os aquários com fauna dando prioridade ao aquapaisagismo.  O corpo do filtro é feito em policarbonato translúcido e possui volume de 2,0 litros para acomodação de uma cesta composta por dois módulos com o fluxo direcionado de baixo para cima, melhor que muitos modelos que mantém o fluxo lateral tal como o Boyu EF-05.


O fabricante admite o uso do filtro em duas frequências de rede: 50 e 60 Hz, naturalmente com uma variação de consumo de energia e vazão, sendo o valor máximo de 360 litros/hora. Isso ocorre devido não só a variação da velocidade de rotação do impeller como também o fato dele mesmo estar sendo usado em frequências diferentes (nos filtros da Eheim os impellers são diferentes conforme a frequência de operação) a altura da coluna d`água máxima é de 0,7m. Aqui nós vemos o que diferencia o projeto de um filtro chinês de um alemão: O produto equivalente da Eheim (Classic 2211) consome apenas 5w e tem capacidade de trabalhar com coluna de 1,30 m de altura.

 

Atualmente os fabricantes chineses estão incluindo manuais nas caixas de seus produtos, alguns detalhados e outros nem tanto. O que acompanha o Max Care contém o essencial e o distribuidor autorizado disponibilizou uma cópia traduzida para o português.



Acima: vista explodida impressa na caixa do filtro.
Como se pode ver nas duas fotos acima o kit é bem completo e vem acondicionado numa caixinha, o que é muito bom, pois permite guardar de forma organizada o que não for imediamente utilizado. No detalhe da foto acima: A grade de entrada (intake strainer) pode ser coberta com uma esponja que o fabricante incluiu no conjunto, útil para quem mantém aquário com camarões ou reprodução de peixes.


Abrir e fechar o filtro é muito fácil, basta mover as quatro travas e puxar a cabeça motorizada, não é preciso fazer muita força e a vedação é muito boa. No topo do filtro há uma tampa rosqueável que permite encher ou completar o filtro com água.

 Após aberto basta retirar a cesta usando a alça incorporada a mesma.
Os dois módulos que compõem a cesta são encaixados e presos por travas, o fabricante fornece uma esponja de malha aberta, um cartucho de perlon com carvão ativado e uma porção de bio rings que, se desejar, pode ser substituída por 04 saquinhos de siporax mini.


Aqui vale um alerta: A disposição das mídias filtrantes vem organizada de fábrica com o perlon no último estágio, mas note na figura maior o tamanho da saída de água que é diretamente encaixada na bomba (ver detalhe), com isso após alguns dias de funcionamento essa passagem fica parcialmente entupida reduzindo drasticamente a vazão do filtro. Recomendo deixar o perlon no primeiro módulo (de baixo para cima) ou na base do segundo, junto a grade de entrada do mesmo e por cima uma parte da mídia biológica.
Eu uso assim (de baixo para cima):
(Esponja + Mídia biológica) > (Perlon + Mídia biológica).
Não notei perda significativa de vazão mesmo com várias semanas sem limpar o filtro.



Uma grande vantagem do Max Care é que o mesmo pode ser usado em modo Hang-on, ou seja, como um filtro pendurado no vidro do aquário dispensando o uso das mangueiras que o acompanham, para isso basta encaixar as peças plásticas para suspensão, alinhamento do canister e os tubos de borracha para passagem de água, não é um alinhamento perfeito, mas não interfere no funcionamento do produto.

Conclusão: Sem dúvida é um bom filtro, não é um projeto perfeito (se é que existe algum), mas com certeza é um projeto inteligente e vale apena o investimento. 

4 comentários:

Anônimo disse...

Ótimo review... me ajudou muito, pois pretendo comprar um logo logo...

Wellington Medeiros disse...

Sempre tenho dificuldade quando chega a hora de comprar os equipamentos para o aquário plantado, ainda mais se tiver trabalhando com aquapaisagismo. Quando vi esse filtro da Ista, pensei que fosse perfeito, mas... o que me deixou p... da vida é saber que esse filtro cânister não apresenta redução de vazão, pois tenho trauma com a alimentação dos peixes... ração caindo no substrato ou sendo sugada pelo filtro, pra mim, é um pesadelo!!! Já me falaram para desligar o filtro na hora da alimentação ou comprar coridoras para solucionar o problema, mas vejo que, se eu reduzir a vazão do filtro, os meus peixes já sabem que é hora da comida e já ficam todos excitados. Se eu desligar o filtro, eles se escondem e ficam desbotados pensando que eu vá fazer a manutenção (não sou louco de alimentá-los assim). E coridora, adoro elas, mas para um aquario plantado com aquapaisagismo, pra mim, elas não são bem-vindas, acho que ficam melhor em aquários biótopos. Alguma sugestão?

Jeferson Mingorance disse...

eu tenho um e funciona muito bem, meu aquário tem 80l e tem apenas 1 oscar grande já!

Recomendo, vou tentar esta configuração que o amigo indicou, acredito que deva melhorar mais ainda!

Anônimo disse...

Olá. Gostaria de uma opinião do colega. Gostaria de utilizar carvão ativado, mini siporax, seachem matrix e o perlon. Como ficariam eles dispostos nos compartimentos ? Obrigado.